Azeite de oliva protege o fígado

04 de Out de 2021

Os benefícios do consumo do azeite de oliva se estendem também ao fígado e à vesícula biliar. Um estudo publicado no Nutrition and Metabolism constatou que quem consome azeite de oliva teria os danos ao órgão diminuídos. Isso se dá, pelas boas propriedades presentes no “líquido de ouro”. 

O azeite de oliva é considerado uma gordura saudável e pode ser um complemento nas dietas para desintoxicar o fígado e a vesícula biliar. Assim, ao acrescentar azeite na alimentação diária é possível reduzir o risco de fígado gorduroso e outros transtornos que afetam seu funcionamento.

Para entender melhor esta funcionalidade, os compostos anti-inflamatórios presentes no azeite de oliva e sua capacidade para aumentar o colesterol bom são o que contribuem para manter um equilíbrio nas funções do fígado. Por isso, acrescentar o óleo em sua versão mais pura, a extra-virgem, nas refeições auxilia na proteção do fígado. 

Para desfrutar desse benefício da melhor maneira, o ideal é que o azeite seja consumido cru e junto a outros alimentos saudáveis. Há ainda a possibilidade de consumir o azeite cru e em jejum, misturado com um pouco de suco de limão para alcançar este resultado de proteção ao fígado, pois irá desintoxicar e limpar o órgão e a vesícula biliar.

O fígado é considerado a maior glândula do corpo humano e executa funções fundamentais para o organismo, entre elas secretar a bile, produzir glicose, produzir proteínas e desintoxicar o organismo. Portanto, também precisa de cuidado e proteção, que iniciam por uma alimentação saudável.

Aproveite para visitar os demais artigos do blog Costa Doce, clicando aqui, e conferir outros benefícios que o azeite de oliva pode trazer para a sua saúde.

Fontes: Dicas de Sáude e Blog Andreia Torres

2 Comentários
can i buy prednisone at walgreens
Out 09, 2021
Cs Online Support24
Deixe o seu comentário