O Ato de Cozinhar Também Gera Bem-Estar

28 de Fev de 2020

Cozinhar é como uma arte, cada um tem um jeito de fazer e já sabe como gosta do preparo de cada alimento. O que muitos ainda não sabem é que o ato de cozinhar pode ser relaxante e também terapêutico, já que a atividade requer movimento, criatividade e foco. 

O ato de cozinhar envolve todos os sentidos durante o processo. A visão, audição, tato e olfato atuam durante o processo, além claro, do paladar, que é fator essencial. 

A atividade utiliza muito a criatividade de cada um, já que o resultado tende a nunca ser exatamente igual, mesmo sendo feita a mesma receita por mais de uma vez.

Outros fatores importantes, que são desenvolvidos no processo, são a concentração e paciência. A preparação de uma receita exige concentração e atenção a cada detalhe do preparo. Já a paciência é trabalhada durante o processo, já que se um prato deve ficar 10 minutos no fogo, não podemos deixar apenas 5 minutos. Um pequeno descuido pode desandar todo o prato, por isso, o ato de cozinhar ajuda a trabalhar a capacidade de concentração durante todo o seu processo. 

Além de todos os benefícios já citados, cozinhar também é relaxante e divertido. A atividade exige calma, por isso não pode ser feita sob estresse ou nervosismo. Assim, também, a experiência de realizar uma nova atividade se torna divertida, pelo processo todo ser ainda desconhecido e não ter a certeza de qual será o resultado final. O importante é estar aberto a se aventurar em frente as panelas.

0 Comentários
Deixe o seu comentário